Tipos de pescados que mulheres grávidas devem evitar

Tipos de pescados que mulheres grávidas devem evitar

Há dois tipos de pessoas no mundo: as que desfrutam dos alimentos provenientes do mar e as que basicamente, a odeiam.

Quem desfruta das iguarias dos oceanos também se beneficiam das proteínas e nutrientes -que tanto o pescado como os frutos do mar- contêm. No entanto, nem todas pessoas podem consumir qualquer tipo de pescado a qualquer momento.

As mulheres grávidas e no período de lactância devem tomar cuidado com o consumo desses alimentos, devido a que certos pescados contém altos níveis de mercúrio que não são bons nem para você nem para o bebê a caminho.

Pescados que você deve evitar:

  • – Cavala
  • – Peixe espada
  • – Cação
  • – Atum
  • – Peixe imperador

Pescados que você deve ingerir:

Em contra partida, existem outros tipos de pescado que pode comer com moderação (1 ou 2 vezes na semana), já que seu conteúdo de mercúrio não é tão elevado. E eles são:

  • – Salmão
  • – Anchovas
  • – Ostras
  • – Sardinhas
  • – Arenque
  • – Bagre
  • – Tainha

Os avanços industriais provocaram com que os animais do mar consumissem mercúrio, e consequentemente são repassados para nós humanos quando os ingerimos. Seu consumo gera complicações que não devem ser ignoradas: convulsões, problemas de aprendizagem e inclusive envenenamento.

Devemos tomar cuidado com pescado que ingerimos durante a gestação e a lactância, e as crianças devem evitar a exposição ao mercúrio até que possuam pelo menos 6 anos de idade.

Este artigo te ajudou?
  • +2 curtiram
  • -2 não curtiram