Dez benefícios do vinho

Dez benefícios do vinho

Dez benefícios do vinho

Vinho de longa data é considerado como um elemento fundamental na nutrição humana. Hoje, muitos médicos estão recomendando a sua utilização, desde que eles bebem na mesma proporção.

Além de ser o melhor companheiro de uma boa refeição, um deleite para o paladar e os sentidos, um copo de vinho por dia tem efeitos positivos para a saúde. Por isso, esta bebida é um prazer que não deve ser rejeitada porque a moderação tem grandes benefícios à saúde. Na verdade, é aconselhável substituir as bebidas alcoólicas de refrigerantes ou outras ranking mais elevado para um copo de vinho.

Numerosos estudos têm demonstrado as propriedades terapêuticas do vinho, especialmente seu efeito protetores contra doenças cardiovasculares e câncer. Um dos seus componentes, é o trans-resveratrol, que impede o desenvolvimento de tumores. A sua presença é especialmente notável no destino vinho. Os taninos e flavonoides são antioxidantes poderosos contido, de modo a que ajuda a combater os efeitos dos radicais livres, para além de limpar e remover o colesterol.

Outros benefícios do vinho para o nosso organismo são:

Beber vinho de forma leve a diminuir moderadamente a chance de desenvolver doenças coronárias e arteriais. Além disso, aumenta o colesterol bom e diminui o ruim.

Previne o envelhecimento prematuro das células de memória, evitando assim o aparecimento da doença de Alzheimer.

– Tomado com moderação, o vinho ajuda a prevenir a perda de massa óssea, por isso é muito benéfico, especialmente para as mulheres. Sim, pelo contrário, faz com amolecimento excessivo.

– Ajuda a digestão. Beber vinho no almoço motiva a produção de sucos gástricos. Além disso, elimina-se o ácido úrico no sangue.

– O vinho é rico em minerais como o cálcio, potássio, sódio e magnésio, bem como as vitaminas B e P.

Ajuda a manter os dentes saudáveis​​. Demonstrou-se que esta bebida retarda o crescimento de estreptococos na boca, que é uma bactéria que influenciam a formação de cáries, gengivite ou inflamação da garganta.

– Numerosos estudos têm mostrado que o consumo moderado de vinho ajuda a melhorar a função cognitiva e agilidade mental. Além disso, feita em pequenas doses, evita o aparecimento de demência.

– O consumo de vinho reduz obesidade leve e problemas de sobrepeso.

– O resveratrol que contém na uva contendo neutraliza os efeitos negativos de um estilo de vida sedentário em nossa saúde.

Este artigo te ajudou?
  • 0 curtiram
  • 0 não curtiram