Conheça os riscos dos alimentos transgênicos sobre sua saúde

Conheça os riscos dos alimentos transgênicos sobre sua saúde

Os alimentos geneticamente modificados são aqueles que sofreram alteração de seu DNA, permitindo assim criar mutações que possuem características precisas e predeterminadas. Diferente dos alimentos naturais, que crescem nos campos, esse tipo de alimento está modificado em laboratório, o que posteriormente afeta o produto e a recoleção.

Os alimentos transgênicos são criados graças a biotecnologia, uma técnica que permite transferir o gene de um organismo a outro com o fim de dota-lo de uma qualidade especial que não possui de forma natural. Hoje em dia, existem poucas carnes que sofreram modificações genéticas. De qualquer forma, a maioria dos alimentos transgênicos que consumimos são de origem vegetal, como as frutas, as sementes e os cereais.

No começo, modificar os alimentos parecia uma boa ideia que beneficiariam os consumidores, regulava os problemas de fome do mundo, e favoreceria a agricultura. De qualquer forma, com o passar dos anos, vários estudos tem demonstrado que esse tipo de alimento modificado é perigoso para a saúde e traziam danos para a indústria agrícola.

Além disso, todos esses inconvenientes se transformaram progressivamente em um problema social, resultando em uma opção entre aquelas que impõe estes produtos e que querem conservar os alimentos naturais.

Os efeitos dos alimentos trangênicos na saúde

transgenicos 1

– Após longos anos de estudo e de experimentos, os efeitos negativos existentes sobre a saúde podem ser constatados.

Aparição de novas alergias: Esses alimentos contêm novas toxinas e alérgenos que tem um impacto negativo sobre o organismo. A prova é o caso da rede de alimentos Starlink nos Estados Unido, na qual a empresa utilizava milho transgênico não autorizado que provocava uma série de reações alérgicas.

– Aparição de genes resistentes a antibióticos nas bactérias patógenas para o organismo. Isso quer dizer que certas bactérias são bastante fortes para serem imunizadas contra certos medicamentos.

– Aumento da contaminação dos alimentos devido a um uso intensivo de produtos químicos ao longo do processo agrícola. Um estudo realizado na Áustria demonstrou que os alimentos transgênicos reduzem a fertilidade. A experiência realizada com ratos demonstrou que os que eram nutridos com milho transgênico eram menos férteis do que os que consumiam milho natural.

A longo prazo, os riscos do consumo de alimentos transgênicos sobre a saúde não foram estabelecidos. No entanto, é provável que tenham uma influência decisiva sobre a aparição de doenças como o câncer.

Este artigo te ajudou?
  • +4 curtiram
  • -4 não curtiram