Carboidratos: Descubra sua importância em sua alimentação

Carboidratos: Descubra sua importância em sua alimentação

A grande maioria das pessoas na hora que querem perder peso ou buscam manter uma alimentação equilibrada, declaram um grupo alimentício como sua pior ameaça (além das gorduras que são outra história da qual falaremos em outra oportunidade) e esses são os carboidratos.

Muitos chegam a crer que com apenas uma olhada num pastel ou um prato de massa já ganharão peso. Mas o que deve saber é que primeiro, nada engorda só de se olhar (caso não saiba) e segundo, e menos óbvio, os carboidratos são necessários em nossa alimentação.

Se quer que seu caminho até a perda de peso ou simplesmente uma alimentação saudável seja exitosa e completa, é essencial que não perca essas dicas a seguir de alimentos ricos em carboidratos que fazem bem a sua saúde:

1 grupo alimentar, 2 tipos de alimentos

Antes de renunciar a todos os carboidratos , é importante que reconheça a diferença que pode haver no mesmo grupo alimentar: Os carboidratos simples e os complexos não são iguais. Sua estrutura molecular é diferente e isso faz com que seus efeitos no corpo também sejam diferentes. Os simples são absorvidos rapidamente pelo corpo e provocam um aumento nos níveis de açúcar no sangue.

Os complexos por outro lado, contém mais fibras e, ao liberar a glicose lentamente, são absorvidos mais lentamente e, como consequência, mantêm os níveis de açúcar no sangue estáveis.

Massa integral

A todos essa cor marrom característica da massa nos dá a sensação de ser mais saudável não é? Pois é exatamente isso, essa cor indica que contém muitíssima fibra nutritiva e energizante que é o que o corpo precisa. Um estudo britânico demonstrou que um maior consumo de grãos integrais está associado a uma menor quantidade de gordura abdominal. A quantidade recomendada é de meia a uma xícara por dia (cozido).

Legumes

As lentilhas, o grão de bico e o feijão são todos carboidratos complexos muito benéficos para a saúde. Um estudo recente demonstrou que uma dieta pobre em calorias incluindo pelo menos 4 porções de legumes por semana é mais favorável para a perda de peso que uma que não inclui nenhum carboidrato em absoluto.

São alimentos exemplares para se sentir saciado e também para melhorar os níveis de colesterol ruim e a pressão arterial.

Bananas

Mais uma vez repito: a banana não engorda. Essa maravilhosa e completa fruta sofre com uma má fama apenas por conter um pouco mais de açúcar em comparação ao restante das frutas. No entanto, seu conteúdo de açúcar não é a razão para deixar de consumi-la já que é a melhor fonte de nutrientes tais como a vitamina B6, o potássio e a fibra.

Pão integral

É importante também reconhecer a diferença entre os pães e deixar de lado conceitos simplistas de que o pão engorda. O pão integral é uma excelente fonte de fibras e energia que deve incluir em todas suas dietas. Basta você saber consumi-lo com moderação.

Batatas

Quando se trata das batatas fritas, sim, é melhor deixá-las de fora. Mas batatas cozidas ou assadas são muito benéficas para a saúde. Contém muito potássio e vitamina C e possui quase 4 gramas de fibras, 15% do recomendado diariamente. Diga sim as batatas!

Milho

Apesar de ser outro com má fama, o consumo moderado de milho é muito benéfico. Seja em forma de pipoca (sem manteiga ou óleo) ou em sua forma original, é uma excelente fonte de fibras, vitamina C e antioxidantes tais como a luteína e a zeaxantina que promovem uma boa visão.

Cereais

Embora os cereais industrializados possam ser pouco recomendados pelo seu alto teor de açúcar, há determinadas variedades integrais que podem ser muito benéficas para a saúde e aportam uma boa parcela da fibra necessária diariamente.

Quando for escolher, assegure que ele tenha ao menos 3 gramas de fibra e não mais do que 10 gramas de açúcar por porção.

Brócolis

Além de ser um aliado exemplar para prevenir doenças tais como o câncer de próstata, de seio e de pulmão, esse vegetal (que alguns amamos e outros nem tanto) contém o fito-nutriente denominado sulforafano que ajuda a combater o armazenamento de gordura. Também contém vitamina C que permite controlar os níveis do hormônio do estresse (o cortisol).

É importante não perder de vista que respeito a tudo que comemos a regra número um deve ser a moderação. Sempre que se manter na linha da moderação, e incluir todos os grupos de alimentos que o seu corpo necessita, te asseguro que o carboidrato não será o vilão.

Este artigo te ajudou?
  • 0 curtiram
  • -3 não curtiram