As piores aditivos químicos encontradas nos alimentos

As piores aditivos químicos encontradas nos alimentos

As piores aditivos químicos encontradas nos alimentos

Cada vez mais as pessoas estão se importando menos com sua alimentação, e os alimentos “gostosos” como os refrigerante, frituras, alimentos gordurosos, processados, congelados e enlatados, estão sendo consumidos cada vez mais. Se você é uma das pessoas que consomem esses alimentos, é importante que você saiba que está obtendo grandes quantidades de gorduras, açúcar e sódio, além disso, muitos desses alimentos possuem aditivos químicos que danificam a saúde. Então hoje você vai conhecer alguns deles, para que possa evita-los.

Mercúrio

O peixe é bom para a saúde e contém uma grande quantidade de ácidos graxos ômega 3, que é muito benéfico para o organismo. No entanto, o mercúrio que pode ser encontrado na carne de peixe é muito ruim para a saúde.

Por isso, as crianças e as mulheres grávidas não podem consumir carne de peixe, para evitar a intoxicação por mercúrio. Os peixes que contêm quantidades mais elevadas são a cavala, peixe-espada e tilefish.

O envenenamento por mercúrio provoca distúrbios na sensibilidade, falta de coordenação, problemas de visão e de fala, dificuldade em andar, fraqueza muscular e desenvolvimento neurológico em crianças. A quantidade de mercúrio varia de acordo com o tipo do peixe.

Nitratos

Os nitratos são usados para preservar o sabor e a cor das carnes de vaca e de peixes, salsicha, bacon, presunto e estão diretamente relacionados ao aumento do risco de doenças cardíacas e diabetes tipo 2. Além disso, estudos mostram que, nos animais, os nitratos também aumentam o risco de arteriosclerose e em muitos casos podem causar o câncer.

Por este motivo, procure evitar o consumo das carnes processadas e procure consumir as carnes orgânicas. Além disso, consumir carnes orgânicas uma vez por semana.

Arsênio

Arsênio ocorre naturalmente nas águas subterrâneas e podem nos afetar se você bebe água de fontes subterrâneas, além disso, o arsênio também pode ser encontrado em alimentos como o arroz. A exposição a longo prazo ao arsênico pode causar câncer, lesões de pele, problemas cardiovasculares, diabetes e(ou) neurotoxicidade.

E como todos sabemos, o arroz é muito consumido, mas fique atento, é muito importante lavar muito bem o arroz antes de fazê-lo, e para cada porção de arroz você deve colocar 6 xícaras de água.

Adoçantes artificiais

Os adoçantes artificiais, aspartame, sucralose, acessulfame de potássio e sacarina causam efeitos colaterais indesejados. Embora nós pensemos que a ideia de consumir alimentos adoçados artificialmente para perder peso, mas o efeito pode ser o oposto. Isso é porque eles não ativam a via de recompensa no cérebro, o que se traduz em menos saciedade após o consumo e, consequentemente, aumenta o apetite.

E porque eles são muito mais doces do que o açúcar, e isso pode causar mais desejo por coisas doces, se tornando quase um vicio. Além disso, além do ganho de peso, o seu consumo pode levar a outros problemas de saúde como diabetes.

Como você pode ver, existem alguns aditivos químicos muito prejudiciais para a saúde. Então o ideal é que evitemos esses alimentos, para não comprometer sua saúde.

Este artigo te ajudou?
  • +3 curtiram
  • 0 não curtiram