Alimentação saudável: Utilize seus sentidos para controlar os desejos

Alimentação saudável: Utilize seus sentidos para controlar os desejos

comer menos capa

Sempre estamos buscando novos meios de nos alimentarmos de forma saudável, e ninguém gosta de ter uma calculadora dentro da bolsa quando vai ao restaurante.

Por isso, hoje nós do Alimentos Saudáveis iremos te propor algo diferente, e tudo que precisará é prestar atenção em algo que você carrega sempre contigo: seus sentidos!

Utilize seus ouvidos para comer mais frutas e verduras

comer menos 1

Sempre nos foi dito para não comermos em frente à televisão, pois pode levar a excessos, mas um novo estudo descobriu que esta prática pode ter um lado positivo. Participantes da pesquisa consumiram cerca de 25 por cento mais fatias de maçã e cenoura quando eles colocaram um filme no volume máximo.

“Os indivíduos podem ter combinado subconscientemente a intensidade com que comemos e a intensidade do som”, diz o co-autor Gregory J. Privitera, PhD, professor associado de psicologia na Universidade de San Buenaventura, na formação de professores de Nova York.

Use a visão para matar desejos

comer menos 2

Sabemos que, vendo uma imagem requintada da mais recente criação culinária de um amigo no Instagram pode nos fazer sentir mais fome, mas você também pode usar imagens para o seu benefício, se você não ficar parada em uma foto. Um estudo de 2013 do Journal of Consumer Psychology sugere que a exposição de pessoas para imagens repetidas do mesmo tipo de comida (como salgados ou doces) faz com que nós fiquemos cansados mentalmente, tornando-o menos agradável quando você finalmente tiver a oportunidade de comer.

Assim, antes do jantar, assistir a imagens de alimentos que estimulam a sua visão podem ser suficiente para evitar excessos.

Use o toque para sentir-se satisfeito e comer menos

comer menos 3

Como incorporar toque durante uma refeição? Com uma taça de vinho ou uma colher pesada. Isso pode influenciar a forma de como gosta dos alimentos, de acordo com uma pesquisa da revista Flavour 2013. Em um experimento, as pessoas classificaram como mais denso e agradável o iogurte que foi servido em um prato mais pesado do que o iogurte que foi servido em um mais leve. A experiência tátil pode nos levar a nos concentrarmos mais atentamente sobre o que estamos comendo, de modo que nos ajude a perceber quando estamos verdadeiramente satisfeitos, diz o coautor de estudo Charles Spence, PhD, professor de psicologia experimental da Universidade de Oxford.

Use o seu olfato para controlar o seu desejo por doces

comer menos 4

Em um pequeno estudo de 2012, os participantes da pesquisa comeram creme de baunilha em um laboratório enquanto os pesquisadores iam liberando um aroma do creme em diferentes níveis de intensidade. Quando o cheiro estava mais forte, as pessoas davam pequenas mordidas e consumiam até 10 por cento menos. “Temos a tendência de regular sensações intensas para reduzir nosso consumo”, diz o autor da pesquisa René de Wijk. “Como resultado, podemos comer menos, mas ainda nos sentirmos satisfeitos.” Você pode obter resultados semelhantes quando consumir alimentos que têm aromas e sabores fortes como o bolo de limão ou abacaxi.

Use o sabor para reduzir a gordura e sódio

comer menos 5

Para dar mais sabor à sua comida, chefs geralmente recomendam adicionar umami, considerado o quinto sabor depois de salgado, azedo, doce e amargo. Uma revisão de Nutrição e Saúde conclui que a adição de alimentos ricos em umami (incluindo queijo parmesão, tomates e cogumelos shiitake) aos seus pratos em vez de temperos com gordura e sal, pode ajudar a reduzir o teor de gordura em até 30 por cento, e de sódio em até 40 por cento, sem comprometer o sabor.

Resumo

Como pôde ver, basta usar seus sentidos para comer de forma mais consciente e ficar livre dos desejos que acabam causando exageros. Não é necessário ter que ficar contando calorias para não fugir da sua dieta e lembre-se, você está no controle, sempre! Aproveite e dê uma olhada nessas 5 dicas para uma alimentação mais saudável.

Este artigo te ajudou?
  • +2 curtiram
  • 0 não curtiram