5 dicas para uma alimentação mais saudável

5 dicas para uma alimentação mais saudável

5 dicas para uma alimentação mais saudável

Na incessante busca por uma melhor qualidade de vida, muitas pessoas acabam se esquecendo de um “detalhe” importantíssimo: a alimentação. O famoso clichê de que “você é o que você come”, nesse caso, é real, e uma rotina de alimentação saudável, regrada e baseada em alimentos de bom valor nutritivo pode fazer a diferença no seu bem-estar.

Foi com base nessa premissa que elaboramos esta lista de cinco dicas para uma alimentação mais saudável, elevando sua qualidade de vida e vendo, assim, o seu corpo funcionar melhor.

Corpo são, mente sã: vejas as nossas cinco dicas para uma alimentação mais saudável!

Se for abusar, abuse de frutas, legumes e verduras

Os alimentos que vêm da terra são os melhores no quesito ‘nutritivos’. Frutas, legumes e verduras são gêneros alimentícios muito ricos em vitaminas, minerais e fibras. Enquanto as duas primeiras exercem função indispensável no bom funcionamento do seu organismo, as fibras são vitais para a regulagem intestinal e ainda aumentam a sua sensação de saciedade, sendo essenciais para uma alimentação mais saudável.

Reduza o sal

Que o sal em excesso pode trazer inúmeros prejuízos à sua saúde, como o aumento da pressão arterial, todo mundo já está careca de saber. O excesso de sal na sua alimentação, além dos problemas arteriais já mencionados, ainda implica num aumento considerável da quantidade de sódio no organismo, o que pode aumentar as chances de você sofrer uma “surpresa” desagradável como um infarto ou um AVC, além de todo tipo de doenças cardíacas e renais. Para você ter uma ideia, 4 g de sal equivalem a 2,8 g de sódio, o limite recomendado para um organismo saudável.

Beba água mesmo se não sentir sede

Mais da metade do nosso organismo é composto por água, e os benefícios desse líquido são conhecidos por todos. O Ministério da Saúde recomenda ingerir, em média, 2 litros de água por dia (o equivalente de 6 a 8 copos), o que, além de contribuir para um melhor funcionamento do organismo, ainda é tiro e queda para ter uma pele saudável, bonita, brilhante e hidratada.

Coma menos… e coma mais!

É importante que você estabeleça uma rotina de refeições, fazendo de cinco a seis delas por dia, em intervalos de três em três horas. Assim, você estará sempre comendo, mas nunca estará exatamente esfomeado em virtude do intervalo de tempo entre uma refeição e outra – dessa forma, você comerá menos, mas como fará mais refeições, no final das contas estará comendo mais!

Evite pular as refeições estabelecendo horários fixos e incorporando novos tipos de alimentos a cada uma delas (desjejum, lanche matinal, almoço, lanche vespertino, jantar e ceia). Frutas secas (como damasco, banana, maçã e abacaxi) e oleaginosas (como nozes, castanhas e amêndoas) são ótimas sugestões para integrar o cardápio dos seus lanches e estabelecer uma alimentação mais saudável.

Realizando suas refeições em intervalos de 3 em 3 horas, você dá ritmo ao seu corpo e se mantém sempre com energia, além de evitar a perda de massa muscular.

Evite os alimentos industrializados

Alimentos industrializados, sejam eles processados ou embutidos, contêm uma grande quantidade de substâncias químicas que não são perfeitamente reconhecidas e absorvidas pelo nosso organismo, causando grande sobrecarga no fígado (que tem de neutralizar e eliminar substâncias como corantes e conservantes) e nos rins, que são chamados para “ajudar” nesse processo de digestão.

Este artigo foi escrito por Marcos Chaves, colaborador do blog Planodesaúde nota10

Este artigo te ajudou?
  • +2 curtiram
  • 0 não curtiram